You are currently viewing Medicina alternativa ou convencional?

Medicina alternativa ou convencional?

MEDICINA ALTERNATIVA

A medicina alternativa inclui muitos métodos diferentes, desde massagem até medicina chinesa e ioga. Medicina alternativa se refere a práticas ou medicamentos usados ​​de maneira diferente das formas usadas convencionalmente para tratar enfermidades.

Exemplos de tratamentos complementares e alternativos são: Meditação, ioga e suplementos dietéticos, como vitaminas e ervas aromáticas.

Medicina alternativa significa que é diferente do sistema de saúde habitual e tem potencial para substituí-lo.

A medicina tradicional chinesa é o sistema médico mais antigo do mundo e tem sido amplamente utilizado em todo o mundo, com um terço da população mundial usando-o como sistema de atenção primária à saúde.

A definição de saúde é o estado de estar fisicamente saudável, mentalmente alerta, adaptando-se à sociedade e desenvolvendo-se mentalmente. Os cuidados de saúde nada têm a ver com medicamentos e altos custos com eles.

MEDICINA CONVENCIONAL

A medicina convencional continua a perder espaço de mercado. Cada vez mais pessoas querem opções diferentes de tratamento para o que muitos consideram ser essencialmente uma medicina de alta tecnologia, queimada e envenenada.

A medicina convencional é utilizada para tratar os sintomas de uma doença ou enfermidade com medicamentos e cirurgias prescritos.

A medicina convencional trata a parte doente do corpo, mas pode não abordar as causas subjacentes da doença ou enfermidade.

HERBAL

A medicina a base de ervas é uma indústria em expansão nos Estados Unidos. Nos últimos dois anos, o mercado de fitoterápicos dos Estados Unidos dobrou.

As ervas podem ser prejudiciais se tomadas em condições erradas, em altas doses, misturadas com drogas ou álcool, ou usadas por pessoas que não sabem o que estão fazendo.

Só porque a erva é natural não significa que seja segura!

ACUPUNTURA

As agulhas de acupuntura são geralmente inseridas na pele cerca de um quarto de polegada. O terapeuta os torcerá ou girará suavemente por até 10 minutos e depois os deixará ficar por 5 a 20 minutos.

Também poderá estimular com uma corrente fraca ou aquecer com ervas em chamas, como o absinto (ver moxabustão).

Este post tem um comentário

Deixe um comentário